Tuesday, October 6, 2009

Transe

"A palavra é o dejeto do pensamento. Cintila. Cada livro é sangue, é pus, é excremento. É coração retalhado, é nervos fragmentados, é choque elétrico, é sangue coagulado escorrendo como lava fervendo pela montanha abaixo".

[lispector]

Labels:

4:

Blogger P. said...

Olá moça.

Brigadim pela visita no sincerotico. Que bom que você gostou.

Quanto ao post acima, a palavra é linda, a foto mais ainda, e o texto impressionante. Porém... Não entendi a relação entre os 3... rsrs

Talvez eu deva ler Clarice Lispector...? ;)

Um beijo, volte quando quiser, vou te linkar no sincerotico e te add no meu reader. Visite também o Doutor XII que acabei de começar ;) (drxii.blogspot.com)

PS: na espanha mesmo? sortuda! Ah, e linda moça vc... ;)

7:06 PM  
Blogger Juliano said...

Gostei daqui.! Intenso.

Beijooos

8:06 PM  
Blogger Marcus Malta said...

Uau, bem intenso o post.

Clarice Lispector? ouvir falar muito dela. Um bom texto.

Beijos

12:59 AM  
Blogger ..onde fica marraquexe.. said...

Pois o que interessa é o sentir..
Já disse Henry Miller: O dizer não é nada que não o sentir.. "A conversa é apenas um pretexto para outras formas de comunicação..."
Pois a poesia condensa o não dito!
Ando poraí.. Me perdi por apenas um instante; o suficiente..

8:42 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home