Tuesday, November 24, 2009

Mergulho

"Levanto-me suave como um sopro, ergo minha cabeça de flor e sonolenta, os pés leves, atravesso campos além da terra, do mundo, do tempo, de Deus. Mergulho e depois emerjo, como de nuvens, das letras ainda nao possiveis, ah, ainda nao possíveis."
[lispector]

Labels:

6:

Blogger RivaEscrita said...

Depois de tanto tempo, é bom ler Clarice. Não demore tanto assim. Abraços. Felicidades.

10:27 AM  
Blogger Sentimental ♥ said...

clarice tinha um pacto com as letras né? sempre me vejo nos escritos dela.
bjs

12:36 AM  
Blogger Ana Gotz said...

Riva!
Me perdi no tempo... agora percebi que estava ausente!
Um beijo e volte sempre!

4:49 PM  
Blogger OBtO - O Bob ta Ocupado said...

Clarice é muito bom mesmo.
Parabens pelo blog

2:39 PM  
Blogger Defensor said...

Salve Ana,
Lispector...mas isso não é novidade.
Bom estar de volta...
Abraços cordiais,
Defensor

10:01 PM  
Blogger Leo Lemos... said...

Perto do coração selvagem, não é isso? Amo muito tudo isso. Bom revê-la... Clarice é eu algum dia... http://estoupensandomedespindodepreconceitos.blogspot.com/2007/09/furaco-clarisse-se-aproxima-da-massa.html

8:25 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home