Monday, June 9, 2008

Olhos de Cão

"Como me sinto? Como se colocassem dois olhos sobre uma mesa e dissessem a mim , a mim que sou cego : isso é aquilo que vê , essa é a matéria que vê . Toco os dois olhos sobre a mesa , lisos , tépidos ainda , arrancaram há pouco, gelatinosos , mas não vejo o ver . É assim o que sinto tentando materializar na narrativa a convulsão do meu espírito , e desbocado e cruel , manchado de tintas , essas pardas escuras do não saber dizer , tento amputado conhecer o passo , cego conhecer a luz , ausente de braços tento te abraçar ."
hilda hilst

5:

Blogger O Profeta said...

Intensos são os teus sentires...

Doce beijo

11:44 AM  
Anonymous Ghisleine said...

Olá, está aberto um concurso, GANHE UMA TEMPLATE, no site www.magiadostemplates.com.br, visite o site veja regulamento e participe, o template será assinado pelas designer Neinha e Ghigi. Obrg

12:25 AM  
Blogger ...amigos acontecem... said...

boas escolhas, transborda paixão..
conheçe A. ginsberg: "Uivo; Kaddish e outros poemas"

-<

4:57 PM  
Blogger ...amigos acontecem... said...

Oi Ana, por um "acaso" eu acabei de, novamente, dar uma olhada no seu blog. Seguinte, Allen Ginsberg foi um dos autores precursores da geração Beat, junto comJack Kerouac, William Burroughs, Gary Syder, entre outros... Qualquer site (acredito eu) que voce procurar sobre os Beatnics ou Beats, acharas o Allen. Trangressores de toda uma cultura, propagaram a contracultura iniciando tuda uma revolução literaria e cultural que culminou, mais tarde, com a onda hippie "paz/amor sexo/drogas and rock and roll...Fundamental.
bjs

Jorge

4:41 PM  
Blogger Secreta said...

Fantástico este poema! Intenso!
Gostei muito.
Beijito.

12:28 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home