Thursday, September 7, 2006

Loucura? Não, isso é amor!

O nome do livro de Mário de Andrade [que complementa o título do blog] "Há uma gota de sangue em cada poema" é muito criativo e reflexivo. Sangue se derrama na palavra, no gesto, na lágrima, no pensamento, no cotidiano, na música, no olhar, na emoção, na verdade. Cristo derramou seu sangue pela humanidade e, assim, o sangue ganhou mais um significado, não só de dor e sofrimento, mas de liberdade e vida. No trecho da música do Legião [Índios] "Eu quis o perigo e até sangrei sozinho, entenda, assim pude trazer você de volta pra mim" , retrata a escolha de Jesus em sangrar sozinho na cruz e desse modo, nos unir novamente com Deus. Muitas pessoas acham que trata-se de uma declaração homem/mulher, mas refletindo na letra, descobrimos que é totalmente Cristã e fala à respeito de Deus e da humanidade hipócrita, a quem Deus amou e ama demais. Um amor além da nossa comprensão.
"A vida é tão carnal quanto viver é uma razão. Viver pode ser uma opção, mas existir não é opcional. Revoga teu egoismo, contudo, pois no destino da jornada você sozinho não será nada, nós unidos já somos tudo." [W.]
Bom feriado!

1:

Anonymous Anonymous said...

lindo texto, para refletirmos durante um tempo sobre a verdade do significado do amor
beijos

3:29 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home