Thursday, September 28, 2006

Busão nosso de cada dia!

O alarme toca às 7:00 e lá vou eu, levantar e ir para o trabalho. O busão passa às 7:45hs. O ritual é sempre o mesmo: saco 2 míseros reais do meu bolso e embarco numa viagem de aproximadamente 12 minutos. O percurso é bem rápido, mas é incrível a quantidade de coisas que acontecem nesse curto espaço de tempo. O ônibus no rush matinal é o lugar mais underground, diversificado e louco da face da Terra, perde apenas para o metrô. Tem gente indo trabalhar, estudar, indo à praia, hospital, casa do amigo, voltando da balada com cara de ontem e bafo de goró. Os odores se mesclam: avon, leite de rosas, neutrox e cecê pairam no ar. As mãos deslizam nos suados canos para segurar do Mercedão, os olhares se cruzam, os corpos se batem e o silêncio nem sempre predomina. Crianças choram, velhos reclamam, comenta-se sobre o capítulo anterior da novela das oito e mais alguns assuntos "super" interessantes, dignos da revista Ti-Ti-Ti. É uma mistura bem Brasil: do salto alto da secretária aos pés com chinelos do surfista ou o tênis rabiscado do adolescente.
Nos tempos atuais, só no busão, o brasileiro tem o direito de ir e vir, espremendo aqui e lá, um dia chegaremos no ponto que desejamos.
Amém!

8:

Blogger Defensor, O Maldito said...

Pois é... andar de ônibus é o maior barato. Cada figura. Você só esqueceu de mencionar (ou talvez pela manhã eles não apareçam) os pedintes e vendedores de toda espécie que aparecem nos circulares, às vezes num espetáculo lamentável de constrangimento...
Abraços

11:35 AM  
Blogger Defensor, O Maldito said...

This comment has been removed by a blog administrator.

11:35 AM  
Blogger Defensor, O Maldito said...

Oi Ana,
Na verdade é um problema que eu tive com um político aqui da região, que me pediu apoio e eu falei pra ele dar uma olhada no meu blog, ai começou a confusão. O cidadão, inconformado com minha visão política (apesar da liberdade de expressão) começou a me aporrinhar, enviou ofício ao TRE e tudo o mais. Não acredito que vá dar em alguma coisa. O tiro saiu pela culatra. fiquei mais radical, só pra provocar. Não cito nomes, pois é o que ele quer para me processar. Infelizmente ainda existem essas coisas.
Abraços

1:21 PM  
Blogger aalinee said...

Tão longe que eu moro, e em cidade tão pequena, que ônibus só pra longasss viagens..de muitas horas.
Mas deve ser legal, divertido.
:)
abraço.

8:06 PM  
Blogger rodrigocaos18 said...

This comment has been removed by a blog administrator.

7:22 AM  
Blogger insideabreak... said...

gostei do seu texto... você fez uma análise básica do que é enfrentar "o busão de cada dia"
passarei sempre aqui

7:05 PM  
Anonymous July said...

Oi, Ana...
Mas que analise!!! isso porque provavelmente quando vc pega o busão, o trecho não é dos piores! Eu sei como que é! Para nunca mais levar "encochadas" enquanto estou indo para o meu destino... sempre tenho um carnê finduciario na gaveta do meu escritório! Além do veículo ser um investimento, nunca mais esquento a cabeça. Mas não tem jeito, um dia ou outro nós precisamos deles...
Beijos e te vejo no orkut

9:16 AM  
Blogger karla nazareth said...

isso qnd se tem o dinheiro do ônibus....
neutrox, cheiro desenterrado da minha memória. gosto disso.

1:03 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home