Tuesday, December 5, 2006

Seres humanos descartáveis

Antes de mais nada, quero agradecer a corrente positiva que me fez faturar um emprego maravilhoso ao lado de pessoas criativas e inteligentes... Valeu mesmo!
Bom, quero comentar nesse post sobre uma música antiga que cansei de ouvir na adolescência, mas nunca procurei saber a tradução. Falo da Logical Song, do Supertramp. Sonzaço, com uma letra que nos leva à uma viagem interna e uma interrogação gigante toma conta de nossas cabeças: quem, afinal, somos nós? Por que nos mostram um mundo onde podemos ser cínicos, doentes, criminosos?
"Quando eu era jovem, parecia que a vida era tão maravilhosa, um milagre, oh ela era tão bonita, mágica. E todos os pássaros nas árvores, eles cantavam tão felizes, alegres, brincalhões, me olhando. Mas aí eles me mandaram embora, para me ensinar a ser sensato, lógico, responsável, prático. E mostraram um mundo onde eu poderia ser dependente, doente, intelectual, cínico. Tem vezes, quando todo mundo dorme, as questões correm profundas demais para um homem tão simples. Por favor, me diga o que aprendemos. Eu sei que soa absurdo, mas por favor me diga quem eu sou (achei isso perfeito!!!!). Eu digo: agora cuidado com o que você diz, ou eles estarão te chamando de radical, liberal, fanático, criminoso. Você não vai assinar seu nome, gostaríamos de sentir que você é aceitável, respeitável, apresentável, um vegetal..."

16:

Blogger Mestre Splinter said...

Supertramp nunca foi minha banda favorita, mas esta canção em especial também sempre me 'fisgou'...Bem lembrado! E parabéns pelo teu novo trampo!

8:46 PM  
Blogger Brankinho said...

This comment has been removed by a blog administrator.

8:59 PM  
Blogger Brankinho said...

Voce comentou lá no Agora é Rock, e eu estou comentando aqui.

SUPERTRAMP É MUIT BOM!!!!
Eu tenho o LP desse álbum

9:02 PM  
Anonymous Anonymous said...

Como é bom lembrar desta letra!
Agora entendo melhor a conexão do seu post com o meu...
Tambem gostei do seu blog!

9:57 PM  
Anonymous Anonymous said...

Sabe que nunca ouvi esta banda? só ouvi falar, vou ouvir e te digo o que achei, mas a letra é realmente muito bonita...

E realmente é muito complicado perguntar quem somos, talvez seja uma vitória poder dizer a nós mesmos quem somos... talvez...

1:31 PM  
Blogger NeTToDarK said...

valeu pelo seu comentario la na minha 'mente suja'.
o odio eh o tal do veneno q so faz mau a mim, e não a quem quero q faça, mas eh incontrolavel.

depois do odio to nakela fase da indiferença, mas vai passar.

Gostei da letra dessa musica, vou catar depois.
=)

7:50 PM  
Blogger Defensor, O Maldito said...

Saudações
gosto muito do Supertramp. Quanto à letra, realmente nunca tinha prestado atenção, mas é totalmente verdadeira. Quando somos jovens tudo parece ser mágico...
Bom final de semana

9:14 AM  
Anonymous Sandro De Simone said...

Eu comprei o LP Paris quando tinha 18 anos. Naquela epoca, um LP demorava ainda 8 anos para chegar ao Brasil. Só fui entender The Logical Song aos 22, quando me divorciei. Acordar um belo dia e descobrir ter perdido o filho, a esposa, a casa e todas minhas economias, ter ganhado dividas, solidão e os amigos que ontem te sorriam se tornaram inimigos, tudo isso força a gente se tornar muito logico, racional e cinico. Essa musica marcou uma epoca daa minha vida.

6:36 PM  
Anonymous Dreus said...

Patric Suskind?sempre tento pegar pra ler,mas nunca lembro.
Essa banda só ouvi de nome mesmo.

Simplesmente linda a letra,muito boa MESMO.Fiquei curiosa,vou baixar a música pra ver como és.

3:11 AM  
Blogger Chico said...

aff

ond tiro esse audio?

2:22 PM  
Anonymous Blogue da Magui said...

Não conheço mas a letra mostra um adolescente amadurecendo e com medo do julgamento alheio.Eu digo para eles:- Mandem o mundo todo à merda.

3:01 PM  
Blogger hdsbhsdbfiha said...

não conheço a música mas gostei...como é o seu novo emprego?????

cuirosaa!1 rsrsr

que bom anita!!

bejos

3:20 PM  
Blogger heitor said...

imagino como deve ser boa essa música, pois tudo o que nos faz pensar sobre a origem é viajado..

gostei do teu blog.
parabéns.

3:48 PM  
Anonymous Monica said...

É..Mais uma coisa pra gente pensar.
Adorei seu blog, volto mais vezes.
;**

9:54 PM  
Anonymous Véio said...

Muito bom o resgate, minha filha. Escutávamos muito Supertramp durante o século XX. Vou mandar o link para o pessoal do dominó e prá galera aqui do asilo.

5:00 PM  
Blogger Chantinon said...

Putz... essa música é du k.
Daqui a um bilhão de anos ainda será uma grande canção.
Sobre esse lance de confusões do "ser" aconselho o filme "I love Huckabees" é um grande saro com essa nossa crise existencial :)

11:05 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home